Dividir o quarto com alguém

Quem nunca dividiu o quarto com alguém não sabe quantas experiências tops (ou não), se pode ter!




Aposto que em algum momento da sua vida planejou dividir um quarto, apartamento, casa com alguém, desde por obrigação, nesse caso quando se tem irmão e ai não é nada planejado, até quando você planeja morar com seus amigos.
Porém, como nada são apenas rosas, existem pontos bons e ruins em dividir o quarto. E como sou uma pessoa legal, vou começar citando os pontos ruins, depois falo os bons.



• Quem já dividiu o quarto sabe, por mais que você seja organizado, se a outra pessoa não for o quarto vira uma zona;

• Acabam pegando as suas coisas com a desculpa "Ah, mas estava do meu lado do quarto";

• Colocam toalha em cima da sua cama "sem querer";

• Deixam roupas espalhadas e acabam embolando com as suas;

• Você não pode falar que o quarto é só seu, a pessoa que você divide o quarto sempre vai te lembrar que você divide o quarto com ela.

Pois bem, não são todas as pessoas que sabem disso, então não se assustem, pois também tem os pontos bons, lá vem eles.



• Se o quarto estiver bagunçado a outra pessoa tem por obrigação te ajudar a arrumar;

• Você não fica sozinha na hora de dormir;

• Você tem uma pessoa para conversar a noite quando todos da casa já dormiram;

• Caso tenha medo de ir ao banheiro você pode acordar a pessoa com quem divide o quarto e pode pedir para ela ir com você;

• Você tem alguém para zoar, caso a pessoa seja sonâmbula;

• A pessoa tem alguém para zoar, caso VOCÊ seja sonâmbulo;

• Você tem alguém presente para poder dar boa noite e pedir a Papai do Céu para abençoar.

Bom, tem muitas outras coisas, mas essas foram as que vieram na minha cabeça enquanto escrevia. Espero que possam ter entendido um pouco sobre os prós e contras em dividir um quarto, e falando por mim, nem é tão ruim quanto parece. Amo dividir o quarto com minha irmã...
E é isso, beijinhos!

PS: Essas imagens foram retiradas dos seguintes sites/blogs - Casa Abril, Acontece no Vestuário, G1.

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top