1º dia de aula

Nem parece que a alguns meses atrás eu passei na universidade, prometo que achava que não ia passar, pra todo mundo que perguntava como eu tinha ido na prova eu falava "Ah, querido, eu tenho certeza que não vou passar!" "Por que acha isso, Amanda?" "Porque não sabia responder as questões, uai!". Então posso dizer que ver meu nome como aprovada na primeira etapa (nota do Enem), depois na segunda etapa (nota do vestibular), me deixou muito surpresa mesmo, e os parabéns das pessoas? Mais surpresa ainda. 

Mas agora estou eu aqui, sentada numa cadeira, dentro de um auditório (não tão grande), junto com um monte de gente, que assim como eu, passou em Letras, ou Letras com mais alguma coisa. Tem várias pessoas falando um monte de coisa, entendo eu que são coisas importantes, porque algumas delas eles falaram mais de uma vez e deram certa ênfase no "Vocês entenderam?", "Acho que não sei, moço..." quase me ouvi falando, mas me segurei e fiquei quieta, as pessoas que responderam deram certeza que entenderam, então acho melhor me virar depois, caso não tenha entendido tão bem assim.
Agora estamos indo para uma sala, pelo que falaram será o momento dos veteranos com a gente, "Vamos ter uma professora com a gente, ela vai dar uma palavrinha de como funcionam as coisas aqui", um dos veteranos disse, ele é legal, todos já o conheciam, e agora que vi a professora ela até que parece ser legalzinha.
"Boa noite! Sou a professora tal, de tal matéria.", tenho quase certeza que tenho a memória muito ruim, porque já não consigo me lembrar professora de qual matéria ela é! "Desde já quero deixar claro que as coisas na minha matéria são bem sérias, para início de conversa eu não tolero celular, ou seja, na minha sala deixe ele desligado, ou no silencioso, mas de preferência desligado, esse ambiente é um lugar sério, então não tem porque ficar mexendo no celular. Vou dar aula para vocês tal dia e tal dia....." Nesse momento, para surpresa dos alunos, o celular de uma menina toca, muito alto por sinal, e ela na cara de pau, após a professora ter falado que não tolera celular, começa a sair da sala e só fala "Vou ali atender", foi ela sair da sala que a professora disse "Por isso que reprovou na minha matéria!", que clima tenso cara, acho que to ficando com medo daqui!
"Minhas aulas são bastante pontuais, ou seja, começam as 18 horas em ponto e costumam terminar uns 5 minutos antes das 22 horas." Jesus! Não acredito nisso, se a aula dessa professora demorar tanto assim vou chegar todos os dias lá para as 23 e pouca em casa! "Eu faço chamada assim que chego, e já marco a presença das 4 aulas, ou seja, se você chegar depois da chamada já levou a falta dos outros horários, e só para deixar claro vocês só podem ter 25% de faltas nas matérias, mais do que isso vocês reprovam.", pelo menos eu não trabalho ainda, dá para chegar cedo aqui e não levar tanta falta....
"Professora, eu trabalho e é provável que chegue atrasada todos os dias, não tem como você fazer a chamada um pouco mais tarde não? Porque se for dessa maneira eu sairei muito prejudicada." Disse uma moça lá no fundo, ela realmente é mais velha que eu. Não acredito que estou ouvindo o que estou ouvindo... "Lamento, mas se você não chegar no horário combinado levará falta nos 4 horários."
E bastou isso para a mulher já fazer a cara de maior ódio possível, tenho certeza que se a professora estivesse mais perto dela, ela voaria no pescoço dela! Tenho certeza meeesmo! Mas em partes a moça tem razão, eu também ficaria assim, quer dizer, eu ESTOU ASSIM! Meu Deus o que estou fazendo aqui, tinha que ter escolhido administração, eu passei em administração, por que não fui em frente?! Nesse momento já estaria no 2º período, e não teria esse monte de coisa, não acredito! Agora to muito incerta da minha escolha... Droga, droga, droga!
"Então é isso, gente, espero que nossas aulas sejam muito boas!", últimas palavras da professora antes de iniciar a aula, pelo visto.
O que? Por que estão todos batendo palmas? Pera, só os veteranos estão batendo palmas, mas peeeera aí, por que??!
"Parabéns, Calouros, esse foi o primeiro trote de vocês, sejam muito bem vindos a Universidade!".
NÃO ACREDITO! Tava quase tendo um treco, para no final descobrir que era um trote? Noooossa! Mas acho que é melhor que seja um trote... Meu Deus é só um trote, ainda tenho chance de ter feito a escolha certa, ainda tenho...



Então é isso, pessoas!
Resolvi escrever esse texto por dois motivos: 
 - 1º: Queria que soubessem que comecei a estudar; 
 - 2º: Vi que gostaram do texto mostrando meus pensamentos, logo surgiu o desejo de que soubessem qual foram as minhas sensações e pensamentos quando cheguei na universidade. 
Mas ok, espero que tenham sentido um pouquinho na pele o que senti, e infelizmente acho que viram que eu não postei nada nos últimos dias, porque não sei separar meu tempo e estou me enrolando legal, sério, vou tentar me organizar, agora preciso mesmo disso, senão vou me prejudicar muito. E quero que saibam de algo que não vão acreditar... Para minha surpresa (e acho que a de muita gente) o blog fez um ano, então acho que tenho que fazer alguma coisinha, pelo menos para lembrar o nascimento dele, sei lá... Kkk
E bem, obrigada a todos que leram as coisas que postei nesse último ano e obrigada para quem está lendo isso, milhões de beijinhos no coração, fiquem com Papai do Céu!


CONVERSATION

6 comentários:

  1. Amei! Foi mais ou menos a mesma reação que tive ao ouvi-la dizer aquelas coisas tão séria, me apavorei completamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagino! Acho que só não se apavorou quem sabia que era um trote... Haha

      Excluir
  2. Amanda, que bom que foi só um trote, mas nem por isso deixa de ser sério, mas meus parabéns e quanto a administrar seu tempo tente se adaptar rapidamente as rotinas para não se enrolar toda.
    Com carinho do seu tio Stainer, e no que precisar conte comigo.

    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já to começando a administrá-lo, sei que isso é muito importante durante todo o meu curso...
      E obrigada, tio, de coração! Beijos!

      Excluir

Back
to top