Orgulho e preconceito e zumbis

Eu não sei vocês, mas não me recordo de ter assistido todo o filme "Orgulho e preconceito", apesar de achar que quase todo já assistiu esse filme todo e só eu que não, mas não é sobre ele que quero falar!

Há um tempo eu trabalhava como menor aprendiz, logo eu tinha um dinheirinho para fazer coisas básicas, como ajudar mamãe com algumas em casa, comprar umas roupas e ir ao cinema com minha irmã. E esse último ponto era o que eu mais colocava em ação, todo mês, praticamente, eu ia ao cinema com minha irmã, e não vou mentir, era demais!
Foi então que um dia, procurando um filme bom para assistir no cinema, eu vi o trailer do seguinte filme "Orgulho e preconceito e zumbis", e nuss que filme legal, porém esse filme não ia lançar nos cinemas próximos da minha casa, o que me deixou com muita (MUITA) raiva!
Depois de um tempo acabei esquecendo o filme, porque não tinha mais esperanças de vê-lo, entretanto há uns dias atrás ele me veio novamente a cabeça e adivinhem? Assisti, e aquele "nuss" do trailer que eu vi valeu pelo filme todo (a não ser pela voz do sr. Darcy na versão dublada, porque dá agonia), e bem, não podia deixar de citar esse filme aqui, já que gostei tanto dele.



O filme tem em seu nome uma outra obra bem conhecida que é "Orgulho e Preconceito", porém ele não segue essa obra, pois nele é acrescentado os famosos zumbis e uma defesa da parte das mulheres que não se encontram em muitos filmes por aí, ou seja, as personagens principais lutam de maneira surpreendente. 
O engraçado desse filme é que, apesar das lutas e mortes dos já mortos (zumbis), consegue passar uma história bonitinha de romance, se tornando assim uma história cômica e fofa. Ele passa uma certa ideia de que beleza não é tudo (pelo menos essa ideia que me foi passada), e que algumas vezes é necessário ser mais forte do que as pessoas esperam que sejamos. 
E querem saber? Pelo que minha mãe falou esse filme consegue ter uma pouco mais de envolvimento que o outro, não se tornando tão monótono, logo tive essa informação como "esse consegue ser um pouco melhor que o outro".

Eu não coloquei a real sinopse do filme porque não encontrei, e quis dar uma diferenciada, afinal, é meu ponto de vista sobre o filme, mas se vocês quiserem podem ver o trailer e ter uma ideia do que estou falando:




Então é isso, espero que gostem ou ao menos achem o filme engraçado... beijinhos, fiquem com Papai do Céu!

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top