Uma coisa nada a ver.

Eu acho que todo mundo, alguma vez na vida já teve uma verruga, independente de ser quase inexistente ou enormente enorme. E é com isso que eu inicio falando: eu acho que tenho um certo problema com verrugas!


Quando eu era mais nova, acho que tinha uns 6/7 anos surgiu uma verruga no meu dedo, eu lembro que me irritava com ela, simplesmente porque não gostava de ter ela ali.
Sei que durante muito tempo eu ficava tentando tirar ela com unha, mas naquela época eu comia unha, então elas eram curtinhas e acabava por não dar em nada. Até que um dia tive uma ideia:
"Se eu consigo cortar a unha com o dente, por que não mordo a verruga até ela sair?"
E por mais nojento que seja (não sei o que tinha na cabeça não, sério mesmo!) eu mordi a verruga até ela sair. Eu lembro que não foi algo rápido, porque mordi ela por muito tempo, apesar de achar que eu mais passava o dente nela do que mordia, porém um dia ela sumiu, e hoje não tenho nem cicatriz.

Observação: Eu fico EXTREMANTE feliz por não ter nascido nenhuma verruga na minha língua, porque nuss....

(Apesar dos meus dedinhos serem estranhos, eles não tem a verruga nem a cicatriz dela)

Ai vocês devem pensar "ela fazia essas coisas quando criança, agora ela deve ser uma pessoa mais normal...", mas é nesse pensamento que vocês erram, porque há 1 ano mais ou menos uma outra verruga inventou de nascer no meu cotovelo, e fui obrigada a dar um fim nela.
Como vocês sabem a gente não consegue colocar a boca no cotovelo, pelo menos eu não consigo, então é óbvio que eu não mordi a verruga de novo, logo tive que pensar em outro método para tirar ela, e foi aí que fiz uma das coisas mais idiotas da minha vida!
Alguém, algum dia, tinha me dito que a verruga podia ser rancada com um fio de cabelo, e foi isso que eu fiz. Peguei dois fios de cabelo e comecei a enrolar na verruga, só que eu enrolei demais e o cabelo arrebentou e ficou preso na minha pele entre a verruga, e queimava igual sei lá o que!!
Tentei de todos os modos retirar o cabelo que estava enrolado na verruga, quando consegui vi que ela já tinha praticamente saído, e que só sobrava o meio, foi aí que tive uma ideia estupida "Vou rancar ela no dedo!", então peguei um papel, segurei a verruga e fiquei enroscando ela, para ver se ela saia mais fácil, e foi então nesse momento que, tchan, ela saiu.
Pensa num negócio que sangrou e numa pessoa que foi pulando pela casa até não querer mais!
Só que ainda tinha que terminar o serviço, isso porque me disseram que se a verruga sangrar e passar pela pele nasce várias verrugas, então no desespero fiz o que qualquer pessoa faria, coloquei fogo onde tava sangrando.

(E foi por conta dessa burrice que eu tenho essa marca no meu cotovelo.)

E foi assim que tirei as minhas verrugas. Posso dizer que depois disso não nasceram outras, talvez elas tenham ficado com medo de mim, sei lá. Espero que não fiquem com nojo de mim, mas é que na do dedo eu não pensava muito e a do cotovelo estava dolorida, não deixava nem eu ficar apoiada no cotovelo mais, então fui obrigada a isso.
Então é isso, fiquem com Papai do Céu, beijinhos!


CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top