Livro: Prometida

Ooolá, pessoas!

Como vocês estão? Eu estou bem, graças a Deus, e escrever esse post só me deixa feliz. Querem saber o por que? Então lá vai.... 

EU GANHEI O ÚLTIMO LIVRO DA SÉRIE PERDIDA, O PROMETIDA.

Estou para falar sobre isso desde maio, pois ganhei ele de aniversário, mas fui deixando pra depois e depois, até que chegamos em outubro e eu não tinha falado dele ainda.

Todos que acompanharam as postagens sobre os outros três livros (Perdida, Encontrada e Destinado) sabem que tenho uma grande carinho por essa série de livros, e quem assistiu esse vídeo >aqui< só pôde confirmar isso e ver o quanto eu queria o último livro da série. E bem, depois de tanto azucrinar mamãe, ela me deu de presente, e o que tenho a dizer é: Carina Rissi, minha filha, por favor, tenha dó de mim, se você lançar mais um livro dessa série não sei mais quem vou azucrinar, e não sei de onde vou tirar dinheiro, então vamos indo com calma...

Mas vamos parar de enrolação e vamos ao que interessa, falar do livro. Como disse, o livro faz parte da Série Perdida, escrito por Carina Rissi, e se chama "Prometida - Uma longa jornada para casa". Ao contrário dos outros três livros, ele não tem um grande foco na Sofia, e sim na cunhada dela, Elisa Clarke.



Sinopse do livro: Elisa Clarke anda um pouco entediada. Seus dias parecem todos iguais, e os bailes há muito deixaram de lhe dar prazer. Não que isso seja surpresa, pois quando ela está presente os eventos se tornam um desastre! O que é injusto, já que ela sempre foi uma boa moça. Nascida em uma das famílias mais influentes da região, a jovem aprendeu desde cedo a respeitar as normas sociais e a se manter longe de escândalos. Na única vez em que ignorou uma dessas regras, Elisa acabou noiva. E foi apenas um beijo, ora bolas!
Um beijo que Elisa fantasiou desde que conheceu e se apaixonou pelo belo e gentil Lucas. Como acontece nos contos de fadas, o jovem médico da cidade mudou sua vida para sempre. Mas não da maneira que ela esperava. Elisa agora está prometida a alguém que a despreza tanto que preferiu ir viver em outro continente. E tudo o que ela deseja é que as coisas permaneçam assim. O que Elisa não sabe é que seu noivo está a caminho do Brasil, e ela terá de enfrentar o homem cujo coração um dia se viu forçada a partir.
Destinados a ficar juntos, mas separados pelo coração, Lucas e Elisa vão se envolver em uma sinuosa dança marcada por segredos, mágoas do passado, intrigas e uma arrebatadora paixão, que vai pôr em risco não apenas seus sentimentos, mas a vida de ambos.

Meu comentário: Como em todos os outros livros, eu praticamente devorei cada página desse livro. Li em menos de 3 dias. E assim, a cada página que eu lia queria ler mais e mais e mais.

Quando comecei a leitura logo senti um impacto, porque quando se lê os outros livros você tem uma imagem da Elisa pequena, e ver que do nada ela se tornou uma mulher muito bonita (conforme diz o livro) é impressionante. 

Outro ponto muito legal é ver as coisas a partir do pensamento de outros dois personagens, o da pequena, não tão pequena assim, Elisa, e o do Lucas, pois nos outros livros tivemos o ponto de vista da Sofia, depois do Ian, e usá-la para completar essa série foi demais!

Quando se lê a sinopse pode se pensar que muitas coisas vão ser baseadas só num romance que deu um pouco errado, mas ao contrário do que parece as coisas não ficam só nisso. Posso dizer que surge até um possível assassinato, o que torna o livro mais impactante ainda.

Mas quanto a parte do romance, confesso que desde o primeiro momento em que Elisa cita o Lucas torna-se claro o quanto ela gosta dele e vice-versa. E enquanto vamos lendo nos surpreendemos muito com a maturidade da Elisa, que mostra que os motivos dela para se portar de algumas formas não são bobagens.

Entrando no ponto família, posso dizer que me identifiquei muito com a Elisa quanto ao carinho e cuidado que ela tem por seu irmão, cunhada e sobrinhas. Adorei como ela se dedica a eles, e como ela abriria mão de tudo para vê-los felizes. Mas gostei mais ainda quando ela viu que eles só seriam completamente felizes quando ela fosse feliz.

Dessa forma o que tenho a dizer é: Se vocês gostam de livros de época, com uma história boa que te prende até a última página, leiam a série Perdida. Sim, eu não me contento só com um livro, porque se você ler só um não vai entender a história toda... 



Então é isso, espero que vocês tenham gostado desse post tanto quanto eu gostei de escrevê-lo! Fiquem bem e com Papai do Céu, beijinhos.


CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top