Seja você mesmo!

(Essa foi a foto mais "sendo eu mesma - pessoa aleatória" que encontrei)

Ser alguém que você não é, porque alguém disse que era melhor você não fazer as coisas ao seu modo, é mais doloroso e cansativo do que ser você mesmo.

Por vezes as pessoas vão dizer que você deve fazer tal coisa, ou deixar de fazer tal coisa, para que você se machuque menos, para que você deixe de parecer imaturo, idiota ou coisa assim, mas, quando você para para analisar, deixar de fazer as coisas que você queria fazer, por mais bobas que sejam, acaba se tornando o centro da idiotice. 

Você pode até conseguir seguir as coisas conforme fulano disse que deveria ou não fazer, mas quando você respira e passa a ser você mesmo por um instante vê que você pensa muito mais em “o que teria acontecido se eu tivesse feito do MEU jeito?”.

Então meu conselho é o seguinte: se for pra se arrepender de alguma coisa que seja por você ter sido você, que seja por você ter lutado por algo que VOCÊ acreditava ser certo e bom. E se der ruim? Bem, se der ruim o importante é pensar que você fez o que você queria fazer e não o que acreditavam ser bom para você. 

Mas não pense também que ignorar tudo o que lhe dizem seja a solução da vida. Existe uma frase que diz “o inteligente aprende com os próprios erros e o sábio com o erro dos outros”, é possível ser você mesmo, lutar pelo que acredita ser certo, mas também usar o conselho dos outros, utilizar deles até o momento que eles lhe façam bem e não mudem o que você realmente é.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sentir não é errado.

Não creio, conheci a neve!

Estou me acostumando...