Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2019

Minha busca por trabalho

Imagem
Quando comecei a procurar por um trabalho eu fiz duas entrevistas, uma delas era para trabalhar num café no aeroporto e a outra para trabalhar numa loja de roupa num shopping.
Lembro que para a entrevista no café eu esperei mais de 1 hora a pessoa que ia me entrevistar chegar. Quando ele chegou pediu meu passaporte, folheou ele todinho e disse "você não tem visto?" ai disse que não, que só minha mãe tinha. Então ele fechou o passaporte , me devolveu, disse "se você não tem documento não posso te contratar" e me mandou ir embora.
Depois fiz a entrevista da loja de roupa, a moça que me entrevistou até pareceu gostar de mim, mas até hoje to aguardando uma ligação para dizer, pelo menos, que eu não passei.
E então, depois de duas tentativas, acabei conseguindo mais uma entrevista, graças a Deus e a tia Zilda, que conhecia um senhor que estava precisando de um novo funcionário.
Dessa forma lá foi eu, dia 15 de maio fazer uma entrevista para trabalhar numa função que nu…

Mamãe trabalha em um lar de idosos, e daí?

Imagem
Mamãe atualmente está trabalhando em um lar de idosos, para melhor entendimento lê-se asilo.
Quem já teve a oportunidade de conhecer um deve ter tido uma vaga noção de que as coisas não são  fáceis, visto que, para cuidar de um idoso, tem que ter uma atenção mais apurada do que quando se cuida de uma criança - sim, pelo que aprendi com mamãe eles são muito melindrosos, como criança, mas muitas vezes se acham no direito de alterar a voz  ou até mesmo levantar a mão para você, por se dizerem mais vividos que você, sendo que eles dependem, muitas vezes, do seu cuidado até para lhes limpar o bumbum.
E aí que mamãe faz de tudo lá, dá banho, troca roupa, limpa o cocô, troca fralda, dá comida, aplica insulina, coloca comida por sonda, limpa os quartos, arruma as camas, lava banheiros... Isso tendo mais de 10 idosos para cuidar!
Sabe aquilo de "se eu ver vômito, se ver alguém vomitar ou se sentir fedor de vômito, já vomito?" Isso acaba deixando de existir por aqui, principalmente s…

Trabalho sempre tem...

Imagem
Uma das coisas que mamãe disse para eu me preparar era quanto aos trabalhos que tinham aqui, que era muito provável que não seria fácil e que, a princípio, eu teria que me submeter ao que surgisse e não ao que eu quisesse.
Quem me conhece a bastante tempo, ou até mesmo quem acompanha o blog desde o início, sabe que eu trabalho desde os 16 anos, ou seja, estudava de manhã e trabalhava a tarde. Segui nesse ritmo (no caso de estudo e trabalho) até 2016. Nesse ano comecei a estudar na UFES e no início de 2017 entrei num novo emprego. 
Então quando eu pensava em ter que continuar trabalhando era tranquilo. A única questão que surgia era que no Brasil sempre trabalhei no setor administrativo, sentada na frente de um computador, com o ar-condicionado sempre ligado, às vezes, tinha que andar para outros setores, mas nada que matasse, porém aqui... só Deus sabia o que eu iria fazer!
Depois que comecei a trabalhar eu passo mais tempo no trem e esperando por ele, então nada mais justo que uma fo…